Filminho Básico 2 #

Postado por Mirelli Lima 1 de maio de 2010
Um Olhar do Paraíso
(The Lovely Bones)

Direção: Peter Jakson
Ano Lançamento: 2009
Gênero: Drama

Sinopse: É 6 de dezembro de 1973. Norristown, Pensilvania, subúrbio da Filadélfia. Susie Salmon (Saoirse Ronan) está voltando para casa quando é abordada por George Harvey (Stanley Tucci), um vizinho que mora sozinho. George a convence a entrar em um retiro, por ele construído. Lá dentro, Susie é assassinada. Os pais de Susie, Jack (Mark Wahlberg) e Abigail (Rachel Weisz), inicialmente se recusam a acreditar na morte da filha, mas precisam aceitar a situação quando seu gorro é encontrado em meio a um milharal, junto a destroços do retiro que estão repletos de sangue. Em meio às investigações, a polícia conversa com George mas não o coloca entre os suspeitos. Com o tempo Jack e Lindsey (Rose McIver), a irmã de Susie, passam a desconfiar de George. Toda esta situação é observada por Susie, que agora está em um local entre o paraíso e o inferno. Lá ela precisa lidar com o sentimento de vingança que nutre em relação a George e a vontade de ajudar sua família a superar o trauma de sua morte.



A Leitora (que também assiste filmes): Inicialmente o que chama a atenção é a proximidade de Susie com o pai, Jack, os dois são cúmplices e demonstram serem loucos um pelo outro. Seguindo do contraste da inocência das brincadeiras de Susie e do modo como ela descobre a maturidade no amor pelo 'lindinho' Ray (Reece Ritchie). Os atores sem exceção demonstram toda a emoção do filme. Do pequeno Buckley Salmon (irmão caçula de Susie) contando ao pai que Susie foi até seu quarto e pode ouvi-lós até a misteriosa Ruth (a moça que segundo Susie, convive com os mortos). E confesso que odiei, do fundo do coração George, o assassino e senti na minha alma a dor que os pais de Susie sentiram...
Para mim a frase que pode resumir o filme todo é essa dita por Susie:
"Mas tinha uma coisa que o meu assassino não entendia: ele não entendia o quanto um pai pode amar sua filha".
E realmente seu pai não desistiu, ele viu em cada um que passou do seu lado o provável assassino de Susie até encontrá-lo e graças à Lindsey Salmon consegui provar!

Cenas Maravilhosas: Quando Susie percebe que Lindsey passou a sua frente e está vivendo sua vida da maneira que ela tanto sonhou, amando.
Susie finalmente deixar seu pai 'em paz' e entrar na casa do assassino e rever todas as garotas que ele matou e mais tarde o reencontro delas no céu.
E no fim quando finalmente Abigail, mãe de Susie entra no seu quarto e diz baixinho: "Susie, eu te amo!" e aquilo era tudo o que Susie precisava saber.

Crítica: Não gostei do final de George (mesmo que tenha sido como Susie disse: "Quero vê-lo gelado!") e do corpo de Susie não ter sido encontrado.

Observação: Fiquei encantada por Saoirse Ronam (a nossa Susie) que deu um show de interpretação!!! E claro que a Susan Sarandon, que faz a avó louca e alcoólatra da garota foi um show a parte. E tudo bem, tudo bem, devo admitir que Stanley Tucci, George, merceu sua indicação ao OSCAR. (mas, eu ainda o odeio)

Enfim, após choros e mais choros vim correndo dizer que quero desesperadamente ler o livro Uma Vida Interrompida - Alice Sebold e como sempre filmes adpatados são um must!!! E para quem não assistiu esse filme maravilhoso, assistam girls, vocês vão AMAR.

"Meu sobrenome era Salmon, salmão, como o peixe; Meu primeiro nome era Susie. Eu tinha 14 anos quando fui assassinada no dia 6 de dezembro de 1973. Isso foi antes de crianças de todas as raças e sexo começarem a aparecer nas caixas de leite ou na correspondência diária.Ainda era na época em que as pessoas acreditavam que coisas assim não aconteciam."

3 comentários:

Ana Maria disse...

Adooooro a Saoirse Ronam! Estou louca para assistir e depois de ler o seu post, fiquei ainda mais curiosa.

Caline disse...

Estou louca para assitir a esse filme. Ele parece ser muito lindo e sua postagem só aumentou a minha vontade.

Parabéns pelo seu blog, eu já estou seguindo.

Lariane disse...

uauuu, vou ver se baixo!